Página Interna

#Conexão2022: Use a Psicologia das Cores para escolher seu look de Réveillon

Entre presentes, viagens e confraternizações, outra importante preocupação para o fim de ano é o que vestir para começar o novo ciclo em grande estilo. Para o Réveillon, a opção mais certeira de look pode estar entre o branco, dourado, prateado… Cada uma dessas cores passa um sentimento, uma impressão diferente, e a ciência pode ajudar nessa escolha.

A consultora de moda e especialista em coloração pessoal Ana Paula Joca traz, com exclusividade para o Conexão 085, os conceitos da Psicologia das Cores para as roupas da virada. Trata-se de um estudo aprofundado sobre como o cérebro humano identifica as cores existentes e as transforma em sensações ou emoções.

“É uma ciência que traz provas. O estudo da coloração veio para desmistificar muitas coisas, como, por exemplo, que o preto combina com tudo e com todos. Quando surge um estudo, ele vai desbancando várias ideias, inclusive superstições”, ressalta a consultora.

Ana Paula lembra também que “a energia que as roupas emanam é muito importante, e a psicologia vem trabalhando muito em cima disso”. Veja o que a Psicologia das Cores fala sobre os tons mais usados para a passagem do ano:

Branco

A cor mais tradicional do Réveillon passa uma mensagem de leveza, simplicidade, luxo, ordem, otimismo, harmonia, estabilidade, paz, juventude, divindade, nobreza e feminilidade. Purifica os pensamentos das pessoas e traz tranquilidade, clareza mental e abertura para o novo. De um modo geral, as roupas brancas transmitem status. Em tonalidades frias revela pureza e limpeza, já o branco amarelado (off-white) é mais sofisticado.

Dourado

A cor dourada remete ao passado, passando uma ideia de força, riqueza, abundância, prosperidade e extravagância. Por ter uma forte ligação com diversas religiões, traz as ideias de sabedoria e relaxamento. Usando dourado, você vai parecer uma pessoa sofisticada, apaixonada, ansiosa e seletiva. Em excesso, pode representar ambição.

Prateado

A cor da prata remete ao futuro, aos mistérios, ciência, tecnologia, prestígio, riqueza, sofisticação e energia feminina. Transmite às pessoas sentimentos de paciência, reflexão, perseverança e calma. Nas roupas, o prata pode dar uma ideia de autocontrole, organização, modernidade e responsabilidade.

Amarelo

É a cor da criatividade, otimismo, dinamismo, riqueza e comunicação. Promove movimento, mas em excesso pode causar irritabilidade. Nas roupas, criatividade, alegria e espontaneidade são associados ao amarelo, mas também pode passar a imagem de imaturidade. Tons quentes e intensos podem aumentar a ansiedade.

Cinza

A cor inspira sabedoria, confiabilidade, seriedade, neutralidade e tristeza. As pessoas costumam reagir a ela com distanciamento. Acromático, o cinza pode transmitir credibilidade, eficiência e sofisticação se for mais escuro e frio. Mais quente, pode até envelhecer o visual, comunicando sisudez.

Verde

Passa uma mensagem de saúde, novidade, cura, renovação, proteção, natureza, tolerância e juventude. Como reação, o verde promove uma conexão com a natureza e com nossa intuição, nos traz relaxamento e confiança. A pessoa que usa verde mostra ser aberta e receptiva. Quanto mais claro, mais associado à novidade.

Azul

Transmite paz, sinceridade, verdade, fidelidade, confiança, eternidade, honra. Vinculamos o azul a sentimentos de compreensão mútua e ele nos remete ao divino. Nas roupas, tons mais claros transmitem calma e remetem ao trabalho e ao lazer. Já o marinho passa a mensagem de honestidade, tradição e organização.

Vermelho

Inspira estímulo e dramaticidade, amor e sensualidade, atenção e instinto. O vermelho aumenta o entusiasmo e a energia. É a primeira cor que lembramos e a última que esquecemos. Nas roupas, passa a ideia de paixão, perigo, segurança e poder. Em seus tons mais fechados, lembra nobreza e sofisticação.

Topo Logo

Apoio e patrocinio