Página Interna

Mulheres na Ciência: edital pioneiro do Ceará seleciona 35 projetos para apoio de R$ 3,5 milhões

Objetivo é apoiar projetos de pesquisa coordenados por mulheres, reduzindo a assimetria. Foto: Freepik.

Resultado de um investimento de aproximadamente R$ 3,5 milhões, o edital Mulheres na Ciência, lançado em fevereiro deste ano, teve um total de 35 propostas aprovadas, distribuídas entre oito instituições de pesquisa do Ceará. Ao todo, foram 344 propostas submetidas.

Iniciativa pioneira da Funcap, o edital foi lançado no Dia Internacional das Mulheres na Ciência, com o objetivo de apoiar projetos de pesquisa coordenados por mulheres, contribuindo para reduzir a assimetria de gênero na distribuição de recursos na área científica.

Segundo o professor Luiz Drude, diretor científico da Funcap, o edital Mulheres na Ciência foi um marco entre as iniciativas de auxílio da instituição. “Além disso, os projetos aprovados são de alto nível e revelam que muitas mulheres, felizmente, já fazem parte dos grupos de excelência em pesquisa no Estado”, afirma.

Considerando o número de propostas aprovadas em relação ao total de submetidas, a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), a Universidade Federal do Ceará (UFC), a Universidade Regional do Cariri (Urca) e a Universidade Estadual do Ceará (Uece) foram as instituições com os maiores índices: 14,29%, 14,01%, 11,76% e 10,81%, respectivamente.

Já na aprovação de projetos por área, houve uma distribuição bastante igualitária: Ciências Agronômicas e Veterinárias (15,38%), Ciências Biológicas e Ambientais (15,38%), Ciências Humanas, Linguagem e Artes (13,89%), Ciências Sociais Aplicadas (13,51%), Ciências Exatas e da Terra (11,63%), Engenharias e Ciência da Computação (10,64%) e Ciências Médicas e da Saúde (8,75%).

O professor Luiz Drude destaca, também, que houve um esforço da Funcap para remanejamento de recursos com o objetivo de aumentar o valor destinado inicialmente para o edital. “Conseguimos alocar cerca de R$ 500 mil a mais, principalmente para o apoio através de bolsas, devido ao grande número de propostas que recebemos e à qualidade dos projetos”, pontua.

Com informações da Funcap.

Topo Logo

Apoio e patrocinio