Página Interna (gastronomia)

Estação das Artes oferece programação gratuita sobre a gastronomia e a cultura alimentar cearense

Oficinas e feira agroecológica compõem a programação do Complexo Cultural neste domingo. Foto: Divulgação/Gov do Ceará.

Um dia para valorizar o “Ceará de comer”. O Mercado Gastronômico do Complexo Cultural Estação das Artes traz, neste domingo (10), uma programação focada na gastronomia e na cultura alimentar cearense. De 9h às 12h, o público poderá participar de oficinas e de uma feira agroecológica.

Este é o segundo domingo de atividades desde que a centenária Estação Ferroviária João Felipe, um patrimônio histórico no centro de Fortaleza, renasceu como Complexo Cultural Estação das Artes, após investimento do Governo do Estado.

Já no início da manhã, às 9h, o Mercado Gastronômico receberá os trabalhadores do campo na Feira Agroecológica e Solidária de Fortaleza, realizada em parceria com o Cetra. Durante toda a manhã, o público poderá interagir diretamente com quem produz e conhecer mais sobre o percurso dos alimentos do campo à mesa, além de adquirir produtos de qualidade.

A primeira oficina do dia, às 10h, é um convite para que a população conheça melhor os conceitos do novo equipamento. O diretor João Lima apresentará este novo espaço para vivenciar a cultura do Ceará pela comida na oficina “Por dentro do Mercado Gastronômico”. “O Mercado será um grande espaço de experiência, não é somente um lugar para comer, mas para contar e reviver histórias”, adianta o gestor.

Depois, às 11h, o público poderá conferir um papo sobre plantas que dão até no quintal de casa e que podem ser valiosas na hora de fazer receitas. Na oficina “A riqueza das Plantas Alimentícias Não Convencionais – PANCs do campo à mesa”, a chef Nilza Mendonça e pesquisadora apresenta este universo e dialoga com o paisagista Bruno Ary, que idealizou e executou os jardins da Estação.

Toda a programação é gratuita e aberta ao público. Além destas atividades, os visitantes são convidados a mergulhar na memória da antiga estação ferroviária por meio de uma exposição fotográfica na Plataforma da Estação. No ensaio fotográfico “Nos Trilhos do Tempo”, 30 imagens produzidas pelos fotógrafos Chico Gomes e Regivaldo Freitas propõem um singelo passeio pela história sobre aqueles trilhos.

Saiba mais sobre o Complexo Cultural Estação das Artes nessa matéria.

SERVIÇO
Domingo na Estação
Dia: 10 de abril (domingo)
Horário: 9h às 12h
Endereço: Rua Dr. João Moreira, 540, Centro
Gratuito e aberto ao público

Topo Logo

Apoio e patrocinio