Página Interna

Dormir mal tem um custo. Veja doenças associadas ao sono ruim

Foto: Pexels

Seguir uma rotina com noites de sono de qualidade é fundamental para regular a saúde do organismo. Estudos já consolidados mostram que ele ajuda no equilíbrio mental, físico e emocional. Por outro lado, o sono desregulado pode prejudicar, e muito, o sistema de defesa do corpo humano.

A curto prazo, uma noite de sono mal dormida costuma causar irritabilidade excessiva, lentidão de raciocínio, cansaço, falta de atenção e de memória.

A longo prazo, dormir menos do que o necessário para restaurar o organismo aumenta o risco de doenças metabólicas, como obesidade e diabetes, e cardiovasculares, incluindo hipertensão arterial, pressão alta, infarto e derrame cerebral.

Leia a matéria completa no portal Metrópoles, parceiro do Conexão 085.

Topo Logo

Apoio e patrocinio