Página Interna (gastronomia)

Dia do Cuscuz: veja 2 receitas fáceis desse Patrimônio Imaterial da Humanidade

Neste sábado, 19 de março, é comemorado o Dia Mundial do Cuscuz, um prato delicioso e nutritivo que agrada diversos paladares. No Ceará, ele está presente desde o café da manhã, na merenda até no jantar, e é uma ótima opção de substituto para o pão com manteiga. Bem quentinho, o alimento pode ser consumido sozinho ou com diversos acompanhamentos, que podem ser doces ou salgados.

A origem do cuscuz é provavelmente dos povos berberes, do Norte da África. A iguaria chegou ao Brasil junto com os portugueses no início da colonização e ao longo do tempo, o cuscuz foi criando sua identidade brasileira e assumindo diversas variações. E hoje em dia é uma das principais riquezas imateriais da região Nordeste. A sua preparação pode ser feita de milho, milheto, trigo, arroz, cevada e sorgo.

Em 2020, o cuscuz foi reconhecido como Patrimônio Imaterial da Humanidade pela Unesco. Hoje, 19 de março, o Conexão 085 traz duas receitas fáceis para você preparar esse alimento que é muito nutritivo e saboroso. Acompanhe!

Cuscuz Nordestino

Ingredientes: 250 g de farinha de milho em flocos; 1 colher de chá de sal; 1 colher de sopa de polvilho; 400 ml de água, aproximadamente.

Modo de preparo:

  1. Misture a farinha, o sal e o polvilho numa tigela;
  2. Acrescente a água aos poucos e misture bem, até formar uma farofa úmida, mas não muito molhada. Deixe descansar por cerca de 10 minutos. O polvilho serve para deixar a massa mais compacta, mas pode fazer sem ele;
  3. Encha a parte inferior da cuscuzeira com água até a metade e leve ao fogo para ferver;
  4. Coloque a massa do cuscuz na parte de cima do cuscuzeiro nivelando a superfície sem apertar. A massa tem que ficar soltinha para o vapor circular durante o cozimento;
  5. Tampe e deixe cozinhar em fogo baixo por cerca de 15 minutos, até começar a exalar aroma e a soltar das laterais da forma;
  6. Sirva quente em fatias, regado a gosto com manteiga, melado, leite de coco ou leite, que pode ser frio ou quente, adoçado ou não. É um acompanhamento muito versátil para legumes, carne, peixe, ovos, queijo, coco e doces.

Cuscuz Paulista

Ingredientes: 1/2 xícara (chá) de azeite; 1 cebola picada; 200 gramas de molho de tomate (1 lata); 1 lata de ervilha; 1 lata de milho verde; 2 copos de água; 1 pimentão; 2 latas de sardinha ou atum; cheiro verde a gosto; sal e temperos a gosto; 1 tablete de caldo de legumes; 3 xícaras de farinha de milho grossa; 3 ovos cozidos; tomate e pimentão verde para decorar.

Modo de preparo:

  1. Corte o tomate e o pimentão em rodelas finas. Unte uma forma de alumínio redonda e coloque os tomates, pimentão e um ovo em volta. Esses ingredientes vão decorar o cuscuz paulista, por isso devem ficar na forma primeiro;
  2. Doure a cebola e depois acrescente o pimentão, ervilha, azeitona e milho. Mexa tudo até ficar bem refogadinho;
  3. Coloque o molho de tomate, o caldo de legumes, as sardinhas, e o cheiro verde. Deixe ferver e então coloque também a farinha de milho;
  4. Mexa tudo até ter uma mistura úmida, coloque o sal e temperos de sua preferência e continue mexendo por mais 5 minutos;
  5. Pegue a mistura, despeje na forma untada e decorada com os ovos e tomate;
  6. Deixe na forma por mais ou menos 20 minutos, até que esfrie. Desenforme e sirva. Essa receita de cuscuz paulista é ótima para consumir na hora do almoço ou jantar acompanhado com arroz branco, fica ótimo.
Topo Logo

Apoio e patrocinio