Página Interna

Complexo do Pecém se une a empresa holandesa no HUB de Hidrogênio Verde

A Stolthaven Terminals e o Complexo Industrial e Portuário do Pecém, joint venture formada pelo Governo do Ceará e pelo Porto de Roterdã, na Holanda, anunciam a assinatura de um Memorando de Entendimento para o estudo de um novo terminal de armazenagem no Porto do Pecém, no Brasil.

A parceria com a empresa Stolthaven Terminals fará com que o terminal se concentre em fornecer serviços de armazenamento e manuseio de hidrogênio verde e produtos associados, integrando o projeto do HUB de Hidrogênio Verde.

O Porto do Pecém, no Ceará, possui grande potencial para geração de energia eólica e solar, fundamental para a produção de hidrogênio verde. A Zona de Processamento de Exportação (ZPE Ceará) é totalmente integrada ao Porto do Pecém, que está conectado a uma ampla rede de distribuição de gás.

Foto: Fco Fontenele/Jornal O POVO

Como o maior porto da Europa, o Porto de Roterdã está bem posicionado para fornecer informações e conhecimentos valiosos, pois já está se preparando para operar como o centro de hidrogênio verde para a Europa. As propostas para o terminal do Pecém incluem um depósito alfandegado de amônia, matéria-prima utilizada na produção de hidrogênio.

Marcelo T. Schmitt, Gerente Geral no Brasil da Stolthaven Terminals comenta: “Estamos satisfeitos em fazer parceria com o Complexo Industrial e Portuário do Pecém neste projeto emocionante, que apoia nossa estratégia de longo prazo de investir em logística sustentável da cadeia de suprimentos. A Stolthaven Santos está comprometida em apoiar a transição energética global, deixando de depender de combustíveis fósseis para fontes de energia mais verdes”.

“Estamos muito satisfeitos com a assinatura deste Memorando de Entendimento com a Stolthaven, empresa de reconhecida expertise não só no Brasil, mas no mundo. Nossas equipes, de Pecém e Stolt, já estão trabalhando em estudos técnicos que nos permitirão avançar na viabilidade de implantação do projeto na área do terminal portuário de Pecém”, completa Danilo Serpa, CEO do Complexo do Pecém.

Lançado em fevereiro de 2021 pelo Complexo do Pecém, Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) e Universidade Federal do Ceará (UFC), o HUB de Hidrogênio Verde (H2V) tem como objetivo transformar o território cearense em grande fornecedor global deste tipo de combustível, contribuindo diretamente para a descarbonização do planeta.

Topo Logo

Apoio e patrocinio