Assis Cavalcante comenta sobre a queda da taxa de desemprego no Brasil

Por Redação - Conexão085

Foto: Divulgação

O quarto trimestre de 2023 registrou a menor taxa de desemprego no Brasil dos últimos dez anos, com 7,4%, correspondente ao período que vai de outubro a dezembro. De acordo com levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o percentual só ficou acima do registrado no último trimestre de 2014, que foi de 7%.

O percentual registrado no último trimestre de 2023 ainda é menor que o verificado no trimestre imediatamente anterior, entre julho e setembro, quando a redução foi de 0,3 ponto porcentual (7,7%). Com os resultados, o número absoluto de desocupados teve queda de 2,8% contra o trimestre anterior, atingindo 8,1 milhões de pessoas. O País chegou ao menor contingente de desocupados em números absolutos desde o trimestre móvel encerrado em março de 2015.

Entre outubro e dezembro, houve crescimento de 1,1% na população ocupada, que chegou ao recorde de 101 milhões de pessoas, maior número da série histórica iniciada em 2012. No ano, o aumento foi de 1,6%, com mais 1,6 milhão de pessoas ocupadas.

Mais gente trabalhando, é certeza de aumento de poder de compra e comércio aquecido. De acordo com o presidente da CDL de Fortaleza, Assis Cavalcante, os números são animadores e projetam um ano de recuperação da economia.

“Com a marca de 100 milhões de pessoas ocupadas, um recorde,  a expectativa para este início de ano é muito promissora para o comércio. Com mais gente voltando a trabalhar, com renda garantida no final do mês, consequentemente, mais pessoas terão seu poder de compra recuperado, fazendo assim, circular mais dinheiro e movimentando a economia do País”, destaca.

14 de fevereiro de 2024 às 14:30

Banner topo prefeitura
Banner topo arvo
banner topo – Shopping Aldeota
Banner Casa Linda Flor – Banner Logo
Banner topo – Conexão085
Banner – Propaganda em Pauta
MIDDLE BANNER – SESI
MIDDLE BANNER – SENAI

Apoio e patrocinio