Página Interna

Árvore rara que floresce uma vez na vida joga microflores no jardim do BNB

Quem passa pelo jardim na sede do Banco do Nordeste, em Fortaleza, pode testemunhar um grandioso e raro espetáculo da natureza. O local, no bairro Passaré, está colorido de microflores de cor creme liberadas pela palmeira Palma Talipot, árvore rara que floresce uma vez na vida.

O espécime foi importado do Sri Lanka e faz parte do projeto da sede da instituição, o Centro Administrativo Presidente Getúlio Vargas, elaborado pelo renomado paisagista Burle Marx.

A Palma Talipot possui uma espécie de coroa no topo ou castanha com até 8 metros de diâmetro, formada por mais de 1 milhão de microflores. O fruto da árvore precisa ser plantado com areia lavada, e ela precisa viver entre 40 e 80 para poder florescer.

Muita luz de sol e um ambiente bastante aberto podem acelerar o processo de florescimento Passado esse momento, a árvore entra no processo de morte e em seu último estágio suas folhas caem.

A sede do BNB possui três exemplares e esse é segundo que lança as microflores no local. A primeira vez que isso aconteceu no jardim do Banco foi em 2014.

Topo Logo

Apoio e patrocinio