Página Interna

Humorista Paulo Gustavo morre aos 42 anos no Rio de Janeiro 

Um dos artistas mais populares do Brasil, Paulo Gustavo, faleceu na noite desta terça-feira (04), em decorrência de complicações da Covid-19. Criador de Dona Hermínia e outros personagens que fizeram sucesso na televisão, ele estava internado desde o dia 13 de março, no Hospital Copa Star, em Copacabana. 

Paulo Gustavo Amaral Monteiro de Barros nasceu em Niterói em 30 de outubro de 1978 e estudou teatro na Casa das Artes de Laranjeiras, no Rio, na mesma turma de Fábio Porchat.

A primeira peça da qual participou foi “O surto”, em que dividia a direção com Fernando Caruso, em 2004. Foi neste espetáculo que apresentou pela primeira vez a personagem Dona Hermínia. 

A mãe superprotetora e hilária ganhou peça própria em 2006 e chegou ao cinema sete anos depois, onde foi vendido mais de 26 milhões de ingressos entre 2013 e 2020. Um marco para sua carreira. 

Além do sucesso de Dona Hermínia, Paulo se destacou pelos filmes “Minha vida em Marte” (2018) e “Os homens são de Marte… e é para lá que eu vou” (2014). 

Fica aqui a homenagem do Conexão a esse grande humorista que fez história no humor do nosso país.

Apoio e patrocinio