Página Interna

Governo do Ceará prevê medidas para auxiliar setor de eventos durante a pandemia

Durante uma live transmitida pelo seu Instagram, o governador Camilo Santana (PT) anunciou medidas de socorro ao setor de eventos. O governador alertou que o segmento foi muito afetado pela pandemia de covid-19 e ainda não tinha sido assistido. Dentre as medidas, o parcelamento do ICMS em 60 meses para todas as empresas do setor de eventos. Os empresários do setor também ganharão isenção do Imposto sobre a propriedade de veículos automotores (IPVA). A medida também vale para profissionais autônomos e microempreendedores individuais. 

Outro ponto importante citado durante a live é que os promotores de eventos ficarão seis meses sem pagar taxas para realizar eventos em equipamentos públicos, como o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. O benefício será válido após o fim da pandemia.

O governador diz ainda que será fornecido para os trabalhadores do setor  uma espécie de auxílio emergencial. Serão duas parcelas de R$ 500 pagas. Os cadastros serão feitos mediante banco de dados já existente na Secretaria da Fazenda (Sefaz). 

Como os eventos só podem acontecer no formato virtual por conta da pandemia, será lançado edital no valor de R$ 4 milhões para realização de eventos corporativos, como feiras e seminários.

Apoio e patrocinio