Página Interna

Temporada de cruzeiros no Brasil será retomada a partir de 5 de março

Diante de uma melhora no cenário epidemiológico no país, o Ministério da Saúde autorizou a continuidade da temporada de cruzeiros no Brasil, a partir deste sábado (05). Esse retorno foi confirmado pela Associação Brasileira de Navios de Cruzeiros (Clia).

Até o dia 18 de abril, quatro navios percorrerão 19 roteiros nos estados de Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro. Ao todo, serão oito destinos finais, incluindo Balneário Camboriú, Itajaí, Porto Belo, Santos, Ilhabela, Rio de Janeiro, Angra dos Reis/Ilha Grande e Búzios.

No Brasil, a última temporada (2019/2020) trouxe um impacto de R$ 2,24 bilhões para a economia nacional e gerou cerca de 34 mil empregos, envolvendo uma cadeia de setores, como comércio, alimentação, transportes, hospedagem, serviços turísticos, entre muitos outros.

A Temporada 2022/2023 está programada para começar em outubro de 2022. “Estamos prontos para navegar, para oferecer experiências únicas e para impactar positivamente a economia do país”, destaca Marco Ferraz, presidente da Clia Brasil.

Segundo o Ministério do Turismo, a decisão de retomar a temporada de cruzeiros foi tomada a partir do alinhamento das autoridades competentes junto ao setor de cruzeiros, estados e municípios envolvidos, com o intuito de zelar pela segurança de turistas e tripulantes.

“Este é um segmento importantíssimo para a geração de emprego e movimentação da economia no Brasil. Teremos mais de um mês para aproveitar esta temporada, claro, de forma segura, respeitando todos os protocolos sanitários”, ressaltou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto.

Protocolos

Os protocolos de saúde para cruzeiros foram revistos e o Ministério da Saúde publicou uma nova portaria, com ajustes necessários, de acordo com o atual cenário epidemiológico do Brasil.

Entre as exigências, testes negativos antes do embarque; testes regulares da tripulação; um ambiente onde quase todas as pessoas são vacinadas; limpeza contínua de todos os espaços públicos e quartos de hóspedes/tripulação; uso de máscaras, distanciamento social e ventilação.

Topo Logo

Apoio e patrocinio