Página Interna

Seis filmes cearenses serão destaque na 17ª Mostra de Cinema de Ouro Preto

Curta "Primos", de Daniel Pustowka. Foto: Divulgação

Seis curtas-metragens do Ceará foram selecionados para serem exibidos durante a 17ª CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto, que será realizada presencialmente na cidade mineira histórica entre os dias 22 e 27 de junho.

O evento se intitula o único festival de cinema brasileiro dedicado a tratar o audiovisual como patrimônio e a oferecer uma estrutura de programação focada em três eixos temáticos: preservação, história e educação.

Os curtas cearenses escolhidos para a mostra foram: “As aventuras de Ana e João”, de Augusto Cesar dos Santos; “Rua Dinorá”, de Natália Maia e Samuel Brasileiro; “Primos”, de Daniel Pustowka; “Lágrimas de Diamante Kunha Potyrã”, de Alberto Alvares; “Ensaio sobre abismos ou as imagens que resgatei de algum lugar da minha mente”, de Rafael Luan e também “Era uma Vez em Icapuí”, feito pelos alunos da rede municipal de ensino fundamental de Icapuí.

Serão seis dias de programação gratuita na CineOP, concentrada em dois espaços: Centro de Artes e Convenções e a Praça Tiradentes. O público poderá novamente assistir aos filmes na sala de cinema e na praça, participar de debates, masterclasses internacionais, rodas de conversas, oficinas, sessões de cine-escola, lançamento de livros, exposição, atrações artísticas e várias outras atividades.

A curadoria propôs a temática geral “Preservar, transformar, persistir”, que vai permear as ações ao longo de toda a mostra. Entre as ideias está a de dar visibilidade a produções realizadas por cineastas indígenas, seus processos de realização, seus tipos de cinema, memórias, cotidianos, desafios e aprendizados e a reforçar a importância da memória como perspectiva para o futuro e um desafio à preservação.

“A CineOP cumpre mais uma vez seu papel de atuar pela salvaguarda do imenso patrimônio audiovisual brasileiro e reafirma a importância de dar continuidade aos encontros anuais presenciais para fortalecer o setor audiovisual em diálogo com a educação e continuar florescendo para preservar nossa história, criar pontes e conexões, desvendar obras e talentos, olhares e diversidade em meio à multiplicação de telas e inovações interativas”, destaca Raquel Hallak, diretora da Universo Produção e coordenadora da CineOP.

SERVIÇO: 

17ª CineOP – Mostra de Cinema de Ouro Preto

Quando: 22 a 27 de junho

Onde: programação virtual disponível em www.cineop.com.br

 

Topo Logo

Apoio e patrocinio