Página Interna

Nova Beira-Mar impulsiona desenvolvimento da capital com capacitação e ordenamento

A nova Beira-Mar de Fortaleza compõe o principal cartão-postal do Ceará e é considerada uma das praias urbanas mais bonitas do Brasil. Recentemente, a orla tem passado por diversas ações governamentais de requalificação e padronização, com o objetivo de atrair mais visitantes, alavancando o desenvolvimento econômico da cidade, além de beneficiar o próprio fortalezense.

A Prefeitura ampliou o aterro já existente na Praia de Iracema e criou um novo aterro entre as avenidas Rui Barbosa e Desembargador Moreira, com acréscimo de 80 metros de praia. Juntas, as faixas somam dois quilômetros. “Com as obras de requalificação e ampliação da faixa de areia da praia, o espaço se tornou um verdadeiro polo para o desenvolvimento econômico, onde é possível encontrar boa gastronomia, arte, artesanato e diversão, tudo em um só lugar”, avalia o secretário da Infraestrutura, Samuel Dias.

O novo aterro possibilitou a ampliação do calçadão e a criação de 350 vagas de estacionamento. A avenida também recebeu piso intertravado e foi beneficiada com a instalação de um amplo e moderno sistema de drenagem, além da instalação de quiosques padronizados.

Reordenamento e capacitação

Para idealizar a nova infraestrutura implantada na Beira-Mar, a Prefeitura realizou um trabalho de ordenamento de quem frequenta e trabalha no local. “Inicialmente, mapeamos as atividades por categoria, compreendendo o uso daquele espaço. Para se ter uma ideia, atualmente, a Beira-Mar reúne diversas iniciativas na área do esporte, gastronomia e cultura, como exemplo as assessorias esportivas, o polo de artesanato e os quiosques ao longo da orla”, informa o secretário da Regional 2, Rennys Frota.

O secretário conta ainda que, depois do mapeamento e cadastramento, 1.354 permissionários foram capacitados em uma parceria com a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE). “Essa ação é voltada não só para que eles adquiram noção de empreendedorismo, mas para que ao final eles tenham o seu negócio sustentável e atendendo bem o público”, acrescenta.

São realizados ciclos de encontros entre a Prefeitura e os permissionários dos quiosques para discutir melhorias e adequações de infraestrutura. Outra iniciativa de integração com a comunidade é a escolha de dois supervisores comunitários por trecho da Beira-Mar. Eleitos pela própria categoria a qual representam, eles têm como responsabilidade ser uma ponte entre a Regional 2 e os permissionários para a comunicação e solução mais rápida de questões do dia-a-dia.

Obras de urbanização

Atualmente, estão em execução ações de urbanização da orla, que, dentre outros benefícios, garantirão alternativas de lazer e melhores condições de trabalho aos empreendedores da região. No local, estão sendo construídos 707 boxes comerciais para a feirinha, previstos para serem entregues no primeiro trimestre de 2022.

O secretário do Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Nogueira, destaca ainda as concessões do Mercado dos Peixes, que já foi concedido à iniciativa privada, e a dos espigões das avenidas Rui Barbosa e Desembargador Moreira, que devem ser retomadas em 2022. “A ideia é trazer um novo dinamismo para a orla, tanto para incrementar o turismo, que é tão necessário nessa retomada da economia, como para nós fortalezenses que frequentamos esses ambientes”, avalia.

Topo Logo

Apoio e patrocinio