Página Interna

Livro escrito por 18 mulheres que ultrapassaram barreiras será lançado em Fortaleza

Foto: Divulgação

Apesar dos muitos anos de repressão, as mulheres seguem cada vez mais fortes, ativas e exercendo o melhor de suas habilidades em todos os setores da sociedade. Um exemplo dessa força feminina pode ser encontrado no livro ‘Mulheres que se escrevem’, obra escrita por 18 mulheres que ultrapassaram barreiras para contarem suas histórias.

Elas são empresárias, advogadas, psicopedagogas, enfermeiras, servidoras públicas, nutricionistas e mães que fazem parte do Clube de Livro da Comunidade de Mulheres Intelectualmente Ativas. O livro será lançado no dia 11 de Junho, a partir das 14h, na livraria Coração Selvagem, na Praia de Iracema, em Fortaleza.

Foto: Divulgação

Cada uma das autoras tem sua forma de escrita e experiência de vida, mas todas escreveram para inspirar outras mulheres e ajudar no processo do autoconhecimento. São histórias de liderança feminina, superação de perdas, amor, solidão, término de relacionamentos abusivos, maternidade, construção de propósito.

Segundo a organização, a obra é dedicada a todas as mulheres que são ou desejam ser intelectualmente ativas e que buscam ser protagonistas em sua caminhada. O livro também pretende fazer repensar como os leitores se relacionam com o feminino.

SERVIÇO:

Livro: Mulheres que se escrevem: crônicas, ensaios, contos e histórias de mulheres intelectualmente ativas

Lançamento: Dia 11 de Junho, das 14 às 16 horas na livraria Coração Selvagem, rua dos Tabajaras, 450, Praia de Iracema

Topo Logo

Apoio e patrocinio