Página Interna

Instituto J. Safra lança livro em homenagem à Fundação Edson Queiroz

O Instituto Cultural J. Safra e a Fundação Edson Queiroz lançam, nesta quarta-feira (23), em Fortaleza, um livro totalmente dedicado à preservação da memória da Fundação, criada em 1971 pelo industrial cearense Edson Queiroz. A obra começou a ser distribuída no fim de 2021, mas o lançamento oficial será nesta oportunidade.

Há cinco décadas a Fundação Edson Queiroz promove o desenvolvimento social, educacional e cultural do Estado do Ceará e da região Nordeste. O Instituto Cultural J. Safra tem como principal missão contribuir para a conservação e a disseminação do notável patrimônio cultural e artístico do Brasil.

A Coleção Museus Brasileiros, editada pela entidade, foi iniciada em 1982. Chega agora, com a Fundação Edson Queiroz, à 40ª edição e pela segunda vez contempla uma instituição cearense: em 2012 foi lançado o livro sobre o Museu do Ceará.

“Meu pai, Joseph Safra, sempre deixou evidente seu amor pela arte e estética. Mais do que isso, dedicou seu tempo e recursos para levar a ainda mais pessoas o que ele pôde ver em vida, dividindo seu conhecimento e encantamento. Uma das materializações desse movimento é a Coleção Museus Brasileiros”, comentou David Safra.

De acordo com ele, Airton Queiroz cuidava com especial atenção da Universidade de Fortaleza, a Unifor, na qual cumpriu a função de chanceler por 35 anos. “Alguns anos atrás tive a oportunidade de fazer um tour guiado por ele, onde ele me descreveu como ajudou a tornar a instituição uma referência de ensino superior no país. Com esta edição, comemoramos não só o fato de termos em mãos o 40º livro da coleção, mas também o 50º aniversário da Fundação Edson Queiroz e o fascinante legado que deixam dois grandes empresários: Joseph Safra e Airton Queiroz”.

Topo Logo

Apoio e patrocinio