Página Interna

[ENTREVISTA EXCLUSIVA] Conheça o trabalho da Casa Vida do ICC, local gratuito de acolhimento para pacientes do SUS que fazem tratamento contra o Câncer no Ceará

Com mais de 50 anos de existência, a Casa Vida é um espaço anexado ao Instituto do Câncer do Ceará (ICC) e tem o compromisso de acolher, oferecer  suporte emocional, nutricional e atenção humanizada aos pacientes do SUS que fazem tratamento no Hospital Haroldo Juaçaba e que não têm onde se hospedar em Fortaleza. Esse é o legado da Casa Vida, que oferece uma grande rede de cuidados no intuito de ampliar as chances de cura, encurtar o tempo de recuperação e minimizar o sofrimento dos que chegam.

Passou de uma pequena instalação à uma casa com uma área de 3.800m², com capacidade para atender 120 pessoas numa localização privilegiada para a Lagoa do Porangabussu. “Imagine um lugar onde pessoas em tratamento de câncer não só pudessem se hospedar, mas se alimentar, descansar, participar de atividades lúdicas e oficinas, acompanhadas por um familiar, além de receberem a atenção de uma equipe voltada para o seu bem-estar físico e mental? Esse local existe e se chama Casa Vida”, explica a superintendente de Responsabilidade da Casa Vida, Débora Boni. 

 

No mês de Outubro Rosa, em que se reforça a importância da prevenção e tratamento contra o câncer de mama, Débora ainda explica que a Casa Vida exerce um papel importantíssimo na vida do paciente com câncer. “Muitos pacientes provavelmente poderiam vir a óbito porque não teriam como pagar uma hospedagem durante o tempo de tratamento, por isso é tão importante esse nosso trabalho”, ressalta.  

Para que continuem seguindo esse trabalho de apoio às pessoas em tratamento, Débora reforça que sempre precisam de doação de leite e farinhas enriquecidas para o Mingau do Bem, que é servido diariamente a todos os pacientes que vão para o setor de triagem. No mês de outubro, a Casa Vida, juntamente com o ICC, realizou uma programação para o público em geral no dia 9 de outubro com uma corrida em parceria com a empresa esportiva Cactus, bem como participação na AUÊ feira criativa com camisetas para vender alusivas à Campanha Outubro Rosa, este evento ocorre nos dias 16 e 17 de outubro. 

Como forma de alerta e prevenção neste e em outros meses, a superintendente da Casa Vida deixa um recado para todas as leitoras do Conexão 085 “No Brasil, em 2020, cerca de oito mil casos de câncer de mama tiveram relação direta com fatores comportamentais como consumo de bebidas alcoólicas, excesso de peso, não ter amamentado e inatividade física. O número representa 13,1% dos 64 mil casos novos de câncer de mama em mulheres com 30 anos e mais, em todo o País, de acordo com dados do INCA.

A Campanha Outubro Rosa não é so realização de mamografias ou auto-exame, mas também para uma mudança de vida. Adquirir novo hábitos de vida saudáveis é fundamental  para o sucesso da campanha”, explica.

Topo Logo

Apoio e patrocinio