Página Interna

Engenheira vai representar o Ceará e as Américas no Desafio Internacional do Aço

A disputa final da 16ª edição do Desafio Internacional do Aço (Steel Challenge) contará com uma brasileira, nordestina, residente no Ceará. A engenheira química Paula Costa, 28 anos, é alagoana, mestre pela Universidade Federal do Ceará (UFC), analista de produção na Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) e a primeira mulher a representar as Américas na final do campeonato mundial.

Para garantir a vaga na final do mundial, a ser realizada em abril de 2022, Paula conquistou o primeiro lugar no campeonato regional das Américas, na categoria Indústria, que aconteceu em novembro deste ano.

O Steel Challenge, em 2021, contou com 1.480 participantes de 33 países, que representaram mais de 50 empresas e 90 instituições acadêmicas, em cinco regiões: Américas; Ásia – Oeste; Ásia – Norte; Ásia – Leste e Oceania; e Europa e África. Paula vai concorrer, na final, com representantes da Rússia, Índia, China e Coreia do Sul.

Paula Costa comemora a conquista inédita para as mulheres e se prepara para buscar o título de campeã mundial. “Pra mim, é uma honra estar representando as mulheres na final do campeonato do Steel Challenge. E representar a CSP, e o Nordeste brasileiro, está sendo um grande orgulho. Minha família está muito feliz com esse resultado. Agora, é batalhar mais para trazer a taça de campeã mundial”, disse a analista de produção da CSP, confiante.

A campeã das Américas explica que o foco do desafio é produzir o aço de uma determinada especificação com o menor custo. “Os conhecimentos que eu adquiri me ajudaram, mas, com certeza, a gente teve um resultado tão bom este ano porque trabalhamos em equipe. A integração e a partilha de conhecimentos são fundamentais para termos bons resultados em um desafio como esse”.

Na disputa regional das Américas, mais três empregados da Companhia Siderúrgica do Pecém foram destaque. Os analistas Lucas Uchôa, Dávila Viana e Marcelo Angelotto conquistaram o 3º, 4º e 5º lugares, respectivamente. Com Paula Costa na final, este poderá ser o segundo título mundial da CSP.

Topo Logo

Apoio e patrocinio