Página Interna

Dia Livre de Impostos: entenda como ele acontece em Fortaleza nesta quinta-feira (02)

O presidente da CDL Jovem Fortaleza, Roberto Júnior, explicou ao Conexão 085 o porquê dessa data. Foto: Divulgação.

Nesta quinta-feira, 2 de junho, estabelecimentos comerciais de todo o país se unem para promover o Dia Livre de Impostos. A data é uma ação de conscientização promovida pelas Câmaras de Dirigentes Lojistas Jovem (CDL Jovem) de todo Brasil, com participação da sociedade, contra as altas cargas tributárias.

Em Fortaleza, a data promete descontos em diversas lojas dos shoppings RioMar Fortaleza e RioMar Kennedy, unidades do Magazine Luiza e Acal Home Center na capital, e ainda muitas lojas de rua.

O presidente da CDL Jovem Fortaleza, Roberto Leite Júnior, explicou ao Conexão 085 o porquê dessa data e como ela será celebrada na capital cearense.

Segundo ele, são 250 lojas ao todo participando neste ano. Em 2022, pela primeira vez na história do Dia Livre de Impostos na capital, o evento contará também com um supermercado participante, o Pinheiro, que dará descontos em itens de cosmética, higiene pessoal e mais.

Além dele, participam grandes marcas como Hard Rock Café, 50 Sabores, Adidas, American News, Ferrovia, Havaianas, Hering, Magazine Luiza, Óticas Visão, e muitas outras. A relação completa das lojas participantes está disponível no site ou nas redes sociais da CDL Jovem Fortaleza.

Conscientização é a meta

O presidente da CDL Jovem reforça que o Dia Livre de Impostos tem o objetivo de ser um momento de conscientização e, ao mesmo tempo, de protesto contra a alta carga tributária no Brasil. Roberto Júnior explica ainda que não é por acaso que a data é celebrada no dia 2 de junho.

“Nosso país é um dos que mais arrecada impostos e que menos devolve em serviços para a população. Trabalhamos 5 meses por ano só para pagar impostos. Por isso o dia 2, porque é quando estamos livres do imposto para poder pagar nossas contas de luz, água, nosso aluguel… Simboliza o dia que nós estamos finalmente livres”, reflete.

Roberto pontua que o Dia Livre de Impostos não significa uma renúncia fiscal, e sim uma realocação. Em vez do consumidor arcar com os impostos no valor final do produto, o lojista arca com esse valor e os preços ficam reduzidos. Apesar disso, a ideia é que os lojistas não saiam no prejuízo. “Com menos impostos se vende mais, e se consome mais. É um dos dias do ano que esperamos no calendário como maior dia de vendas, com todos os descontos e promoções acontecendo na cidade.”

Além dos descontos, a data também contará com eventos paralelos no RioMar Fortaleza. Foto: Divulgação.

O presidente da CDL Jovem Fortaleza complementa: “Alta carga tributária é um engessamento da economia. Principalmente nesse momento que passamos. Se os impostos fossem revistos, a economia iria girar mais, e iria gerar arrecadação do mesmo jeito, porque estaríamos consumindo mais.”

Segundo Roberto, não está no interesse dos entes governamentais, como União, estados e municípios, alterar a parcela de impostos que eles arrecadam. “Eles não querem mexer no deles. Ninguém perde nada, quem perde somos nós”, avalia.

“Eu trabalho com turismo, e percebemos com essa alta dos combustíveis, afetando passagens e tarifas, que as pessoas têm viajado muito menos, e isso é muito ruim, paralisa a economia. Esse é um setor que no Ceará está sendo muito afetado. Os governantes precisam estar atentos. Urge uma reforma tributária, então esse dia é para chamar atenção”, completa.

Dia Livre de Impostos 2022

Além dos preços reduzidos em diversos estabelecimentos comerciais, a CDL Jovem de Fortaleza também planeja duas ações diferentes para o Dia Livre de Impostos em 2022, ambas nesta quinta-feira (02). No horário do almoço, será promovido um evento de conteúdo, chamado “FuckUp do DLI”.

Com a ideia de se diferenciar das inúmeras palestras sobre cases de sucesso, essa será sobre um case de fracasso: o Colégio Geo. O evento acontece no Hard Rock do shopping RioMar Fortaleza, das 12h às 14h, com a participação do presidente da CDL Fortaleza, Assis Cavalcante, e do ex-diretor do Colégio Geo nas regiões Norte e Nordeste, Francilio Dourado.

“O ex-diretor do colégio se dispôs a falar sobre o que não deu certo. Um dos motivos foi justamente com a questão dos impostos. Fica aí esse spoiler. Nossa intenção é justamente mostrar os indícios e alertas para evitar que outras empresas passem pelo mesmo”, antecipa Roberto Júnior.

Ao final da tarde, das 17h às 21h, será promovido o Happy Hour Sem Imposto, na praça de alimentação do Shopping RioMar Fortaleza. Alguns bares e restaurantes estarão com preços reduzidos e o evento também contará com apresentações da Banda Sun e DJ Saulo Torres.

Topo Logo

Apoio e patrocinio