Página Interna

#SemanaDaMulher O crescimento do protagonismo feminino no mercado de trabalho

Na última segunda-feira, 8 de março, comemorou-se o dia internacional da mulher e a data é sempre carregada de reflexões e histórias de lutas travadas por direito e igualdade.

A história das mulheres são permeadas por muitos obstáculos. Ocupando sempre o lugar de subordinação, por muitos anos as mulheres era vistas apenas em papéis de filhas, domésticas, esposas e mães. No mercado de trabalho eram poucas as oportunidades e quando haviam, as mulheres eram exploradas sempre trabalhando acima de seus limites físicos com jornadas longas de trabalho, recebendo salários inferiores ao dos homens.

Depois de muitas tentativas e lutas por igualdade e melhoria, a mulher conseguiu ter seus direitos garantidos por lei e ocupar outros lugares que sempre foram seus. Hoje, é impossível não perceber o protagonismo das mulheres e o impacto que promovem no mercado de trabalho. Segundos dados do IBGE, a participação das mulheres no mercado de trabalho tem  o quinto ano de alta, mas a remuneração ainda segue menor que a dos homens. 

A ascensão profissional das mulheres não é dificultada por aspectos relacionados à qualificação ou à competência. O protagonismo feminino no mercado de trabalho continua sendo prejudicado por aspectos socioculturais ligados ao gênero.

No Ceará e no Brasil, grandes mulheres marcam esse novo cenário em diversas esferas como Luiza Helena Trajano (Presidente da Magazine Luiza), Annette Reeves (Presidente da Mallory) e Joselma Oliveira (Presidente do Sorvete Pardal)

Apoio e patrocinio