Página Interna

Nova regra pode reduzir preço de seguros de automóvel e residencial

O Governo Federal flexibilizou na última semana as regras para comercialização dos seguros de proteção de patrimônio de pessoas e empresas, incluindo os de vida, automóvel e residencial. Com a mudança, a partir de 1º de março, os consumidores poderão contratar combos de diferentes serviços em uma mesma apólice e adequar as coberturas de acordo com suas necessidades. 

Com a nova regra, poderão ser comercializados, por exemplo:

* seguro residencial com coberturas somente para bens do segurado e pagamento de aluguel;

* seguro auto com coberturas mais enxutas (aumento da frota segurada);

* seguro para empresas com coberturas diferenciadas, como riscos de lucro cessante por danos não materiais, responsabilidade civil e riscos cibernéticos;

* seguros patrimoniais com pagamento vinculado a índices pré-estabelecidos.

Na prática, o cliente poderá escolher o que quer proteger e o que não deve entrar na apólice, além das circunstâncias em que os pertences estarão cobertos.

Apoio e patrocinio