Página Interna

Mulheres cearenses ganham destaque nas Olimpíadas de Tóquio

Os jogos olímpicos começaram. Com o início, muitos esportes estarão iniciando no ciclo olímpico como o surfe. Mas não são somente os esportes que estarão em evidência. O aumento do número de atletas mulheres também está em destaque.

Segundo Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), cerca de 49% de todos os que disputam os jogos serão do público feminino.

Em Tóquio, as cearenses ganham destaque, como por exemplo, Rebecca, atleta do vôlei de praia. Silvana Lima, no surfe, é estreante em jogos olímpicos. Ela foi vice-campeã mundial em 2008 e 2009.

No triatlo, Vittoria Lopes segue o mesmo caminho da mãe, que disputou os jogos pan-americanos, em 1975, no México. Já no atletismo, destaque para Ana Cláudia Lemos e Laila Férrer.

A mais nova é Adriana “Doce”. A atleta de handebol defendeu o país no último mundial. Ela joga na Espanha, no clube Bera Bera, onde teve uma campanha com 49 gols, sendo a artilheira do time.

Apoio e patrocinio