Página Interna

Maurício Leão indica locais para ciclismo no Ceará

Diversos grupos de ciclistas andam à noite em Fortaleza. Uns vão até as cidades da região metropolitana, como Eusébio, Cascavel e Maranguape, enquanto outros ficam apenas na Capital.

O Conexão 085 conversou com o atleta Maurício Leão, que pedala há anos pelas ruas de Fortaleza e estradas do Ceará.

Segundo Leão, andar de bicicleta nas estradas estaduais (CE) é melhor que pedalar nas rodovias federais (BR), pois existem acostamentos, onde o ciclista tem mais respeito por parte dos motoristas e motociclistas. 

“No Ceará, as BR’s têm tráfego de caminhão, então fica perigoso para o ciclista. Eu indico locais como serras, perto da praia, pois não há muita movimentação de veículos. Guaramiranga, Redenção, Maranguape e Pecém são cidades que muitos grupos pedalam com mais segurança”, afirmou o atleta.

A segurança é um fator primordial para quem gosta do guidão, selim e pedal. Contudo, no Ceará, ainda falta estrutura e conscientização por parte de ciclistas e motoristas.

“Para pedalar seria bom se houvesse uma conscientização por ambas as partes (motoristas e ciclistas). Em Fortaleza, existe um grande número de pessoas que não respeitam o sentido da via. Nisso, acidentes ocorrem. Deveria ter mais sinalização, blitz e propagandas para evitar desconforto de todos”, concluiu Leão.

 

Apoio e patrocinio