Página Interna

Maio Cinza: Cuidados e atenção com o câncer de cérebro

Estima-se que serão diagnosticados em 2021, no Brasil, 11.090 novos casos de câncer cerebral, sendo 5.870 homens e 5.220 mulheres, segundo os dados do o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca). Esse tipo de câncer ocupa a décima posição entre os tumores mais frequentes nas mulheres brasileiras e a décima primeira posição entre os homens. 

Os números podem ser mais elevados se forem considerados, também, os tumores benignos do sistema nervoso central (SNC), que compreende o cérebro e a medula espinhal. Cerca de 88% dos tumores de SNC são no cérebro. A estimativa é que os tumores do SNC representem 3,1% do total de casos de câncer. 

É muito importante que as pessoas fiquem sempre atentas aos sintomas e buscar um especialista quando necessário. Alguns sintomas são: dor de cabeça persistente e progressiva, vômito, convulsão, alterações visuais, motoras, da fala, formigamento, são sinais de alarme, principalmente associados à dor de cabeça, 

A crise epiléptica também pode ser sintoma de tumor no cérebro, principalmente em adultos na faixa etária de 40 a 50 anos de idade. Nas crianças, esses sinais devem alertar os pais para buscarem ajuda médica para que possa ser realizado um acompanhamento, pois em crianças na faixa etária de 5 a 12 anos de idade, esse é o câncer mais comum. Na rede primária de saúde, o atendimento é feito por um clínico ou neurologista; se for comprovada a alteração, o paciente é encaminhado para um atendimento neurocirúrgico e submetido a exames de tomografia e ressonância magnética.

Apoio e patrocinio