Página Interna

Inflação na construção civil do Ceará supera a média do Nordeste, com aumento de 2,25%

Nos meses de março para abril, o Ceará registrou a maior alta da inflação da construção civil de 2,25%, superando a média do Nordeste (2,23%), ficando entre as cinco regiões do País com maior elevação. 

Divulgado pelo IBGE, o Índice da Construção Civil (Sinapi), os custos da construção no Ceará foram elevados, devido a alta de 3,7% nos valores nos materiais, enquanto a parcela de mão de obra ficou estável.

O custo por metro quadrado, que em março estava em R$ 1.239,36, passou para R$ 1.267,24 em abril. Deste valor, R$ 782,18 são referentes aos materiais e R$ 485,06 à mão de obra.  O acumulado de janeiro a abril referente a inflação da construção foi de 7,15%, já em abril de 2020, o índice foi de 0,35%, conforme os dados do Sinapi. 

A Região Nordeste, devido a alta observada na parcela dos materiais em todos os estados, ficou com a maior variação regional em abril, de 2,23%. As demais regiões apresentaram os seguintes resultados: Norte (1,49%), Sudeste (1,95%), Sul (1,97%), e Centro-Oeste (0,61%).

Apoio e patrocinio