Página Interna

Índice de confiança do Empresário Industrial cresce para 54,9 em maio

O Ceará marcou 54,9 pontos no mês de maio no Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), o que mostra uma elevação no otimismo dos industriais cearenses. O valor é 3,3 pontos superiores em relação ao resultado do mês de abril e 23,5 pontos a mais que o mesmo mês do ano passado. 

O ICEI é medido pelo Observatório da Indústria da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI). No Brasil, o indicador atingiu a marca de 58,5 pontos, alta de 4,8 pontos na comparação com o mês anterior, quebrando uma sequência de quatro quedas consecutivas. 

Já o Índice de Expectativas, que se refere à confiança no futuro, ficou em 59,5 pontos, o que mostra que os industriais estão com grandes expectativas de melhoria para os negócios. 

Outra boa notícia é que todos os resultados da pesquisa foram melhores que o do mês de maio de 2020. Quando avaliados os resultados do ICEI considerando-se o porte das empresas, houve bastante otimismo: nas pequenas empresas a variação foi de 23,2 pontos; nas médias, de 20,2 pontos; e nas grandes, de 24,9 pontos. Nesse sentido, no mês de maio, as de pequeno, médio e grande portes, registraram, respectivamente, 53,9; 56,2 e 54,7 pontos.

Apoio e patrocinio