Página Interna

Índice de Confiança da Construção tem segundo avanço consecutivo, segundo pesquisa da FGV

O Índice de Confiança da Construção (ICST) subiu 5,2 pontos em junho e registrou o segundo avanço consecutivo, conforme a Fundação Getulio Vargas (FGV). 

Com a maior alta mensal desde julho de 2020, o indicador de sondagem do setor chegou a 92,4 pontos, com ajuste sazonal, próximo ao nível de janeiro (92,5). Em médias móveis trimestrais, houve elevação de 1,2 ponto, a primeira do ano.

Já o Nível de Utilização da Capacidade (NUCI) da Construção avançou 3,0 pontos percentuais (pp), para 77,4%. 

O NUCI de Mão de Obra teve maior contribuição, com alta de 3,2 pp, chegando a 78,9%, seguido pelo NUCI de Máquinas e Equipamentos, que subiu 0,8 p.p, de 69,5% para 70,3%.

Conforme a FGV, a melhora no ambiente de negócios corrente e futuro foi ocorrido pelos segmentos de Edificações Residenciais e Não Residenciais e de Serviços Especializados. A confiança das empresas de infraestrutura cresceu menos, mas está em melhor nível.

 

Apoio e patrocinio