Página Interna

Exportações cearenses de pescado crescem 60% no primeiro semestre

O pescado cearense favoreceu a economia e as exportações no primeiro semestre deste ano. O crescimento, em comparação ao mesmo período do ano passado, aumentou 60%. No caso das importações, houve uma subida de 17,8% entre janeiro e julho de 2021.

Segundo o Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), as exportações registraram US$ 42.2 milhões e as importações ficaram em US$ 4.7 milhões durante os sete primeiros meses deste ano.

Enquanto os produtos mais vendidos para o setor internacional foram peixes congelados, lagostas, preparações e conservas em atuns e pargo congelado, os mais comprados de foram preparações e conservas em atuns, preparações e conservas de bonitos-listrados, filés de peixe congelados, cavalinhas congeladas, sardinhas e anchovetas congeladas.

Apoio e patrocinio