Página Interna

E-commerce sobe 41% em 2020 e atinge R$ 87,4 milhões; alta é a maior em 13 anos

Com as lojas físicas fechadas durante boa parte do tempo em 2020, o comércio eletrônico teve um aumento de 41%, atingindo um faturamento de R$ 87,4 milhões, foi a maior alta em 13 anos. Em 2019, o crescimento do e-commerce foi de 16% e, em 2018, 12%. O e-commerce teve um salto no varejo nos estados da região Nordeste, passando de 18,5% para 31,7% em 2020.

De acordo com o relatório do Webshoppers 43, da Ebit/Nielsen e do Bexs Banco, houve um crescimento em todas as categorias, mas o número de pedidos de produtos para Casa e Decoração avançou 71%, seguida de Alimentos e Bebidas com 59% e Farmácia com 19%. O frete grátis é apontado como fator que incentivou 43% dos consumidores a comprarem no comércio on-line.

Apoio e patrocinio