Página Interna

Ceará alcança o 1º lugar em investimentos públicos no País com R$ 22 bilhões de receita corrente líquida 

Segundo o Balanço Geral do Estado divulgado pela Secretaria da Fazenda (SEFAZ), o Ceará registrou R$ 22 bilhões em receita corrente líquida (RCL) no ano de 2020. A arrecadação de impostos ficou em R$ 17,3 bilhões, sendo o ICMS a maior fonte de receita (R$ 13,2 bilhões), seguido do IPVA (R$ 1 bilhão).

Com relação aos investimentos, o Ceará continua apresentando os maiores percentuais do País, superando até a média nacional.  Em 2020, o percentual ficou em 11,27% da RCL. O Brasil ficou com 5,8% no mesmo ano.

Conforme o relatório, os investimentos, além de demandarem recursos próprios provenientes do Tesouro Estadual, requerem, também, recursos de terceiros, onde estão contemplados os recursos de operação de crédito, que afeta o estoque da dívida.

Apoio e patrocinio