Página Interna

 3 boas notícias que mostram o impacto positivo da vacinação no Brasil

Apesar dos problemas que o Brasil enfrenta em sua campanha de imunização, os benefícios da vacinação contra a covid-19 já podem ser observadas no mundo todo. Dados mostram evidências claras de que a vacina vem reduzindo casos de infecção e mortes.

De acordo com dados da plataforma Our World in Data, ligada à Universidade de Oxford, cerca de 30 milhões de pessoas no Brasil já receberam pelo menos uma dose da vacina contra a covid.

Separamos três boas notícias da vacinação no Brasil para que permaneçamos com esperança. Confira:

Redução de mortes de profissionais da saúde

Por fazerem parte dos primeiros grupos prioritários a receber as vacinas, os profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate ao coronavírus, como médicos e enfermeiros, estão morrendo menos.

De acordo com o Conselho Federal de Medicina (CFM), houve uma queda de 83% no número de médicos mortos em março, em comparação com janeiro, quando grande parte foram imunizados.

Redução de mortes de idosos acima de 80 anos caem pela metade

De acordo com um estudo recente realizado pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), no Rio Grande do Sul, mostra que caiu pela metade o percentual de mortes de idosos com 80 anos ou mais no Brasil após o início da vacinação contra a covid-19.

A taxa de mortalidade era de 25% a 30% em 2020 e passou para 13% no fim de abril. Quando a vacinação começou, em janeiro deste ano, o percentual era de 28%.

Queda nos registros de casos e óbitos entre indígenas

De janeiro a março, os óbitos nesse grupo caíram 66% em Mato Grosso do Sul, segundo dados oficiais. Foram nove mortes em janeiro contra três em março. O pico foi em agosto do ano passado, quando 38 indígenas morreram de covid-19.

Os indígenas foram um dos grupos proprietários na vacinação, o que resultou uma queda acentuada no número de casos e mortes entre eles.

 

Apoio e patrocinio