Página Interna

Cidades inteligentes: Fortaleza fecha parceria com a Mastercard

Foto: Prefeitura de Fortaleza

Fortaleza acaba de fechar uma importante parceria com a Mastercard para participar do City Possible, programa global de cidades que busca apoiar os municípios para se tornarem mais eficientes, inclusivos e sustentáveis, estabelecendo um novo modelo de inovação urbana.

A parceria com foi formalizada no Paço Municipal, nesta terça-feira (05), e é coordenada pelo Laboratório de Inovação de Fortaleza (Labifor), da Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação (Citinova).

Fortaleza se une agora a uma rede colaborativa formada por mais de 340 cidades em todo o mundo, com foco no intercâmbio de experiências e conhecimentos ligados a cidades inteligentes. Guarulhos (SP), Curitiba (PR) e Recife (PE) são algumas das mais de 20 cidades brasileiras que já fazem parte da iniciativa, além do Distrito Federal e do Estado de São Paulo.

“O programa vai conectar Fortaleza com grandes cidades de todo o mundo, nos permitindo trocar experiências e conhecer soluções inovadoras para as diferentes questões urbanas. Com isso, vamos fortalecer e ampliar ações da Prefeitura, pensando num modelo de desenvolvimento cada vez mais inclusivo e sustentável”, afirmou o prefeito José Sarto.

A rede conta, ainda, com participantes como Los Angeles, Dublin, Dubai e Melbourne. A iniciativa também envolve outras lideranças do setor privado e instituições acadêmicas, como a Universidade de Harvard, para ajudar a resolver os desafios enfrentados pelas cidades.

“A entrada de novas cidades brasileiras no programa, como Fortaleza, é um passo muito importante para a digitalização e desenvolvimento da economia local, além de permitir a expansão positiva da nossa rede e a projeção nacional e global do município”, afirma Fernanda Caraballo, vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios da Mastercard.

O presidente da Citinova, Luiz Alberto Sabóia, destaca que a rede busca implementar, na prática, o conceito da transformação digital em diversos campos de atuação da cidade, como a área de resíduos sólidos, de inclusão digital, de relacionamento com o cidadão, entre outras possibilidades.

“A rede vai possibilitar o aprendizado a partir das experiências de outras cidades, trazendo sempre para o contexto local. Fortaleza tem feito esse tipo de parceria com instituições de peso, como a União Europeia, a Bloomberg, a Universidade Johns Hopkins, a Rede Urban95 e agora com o City Possible. A ideia é avançar no conceito de smart city e transformá-lo em algo concreto, que se reverta para o cidadão”, afirma o presidente da Citinova.

Topo Logo

Apoio e patrocinio