Página Interna

Ceará tem a quarta maior expansão de usinas eólicas do país em 2021

Green renewable energy concept - wind generator turbines in sky on sunset

Em 2021, o Brasil bateu recorde de expansão de energia de usinas eólicas. O recorde anterior havia sido registrado em 2014. Dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mostram que, neste ano, a expansão da capacidade instalada de energia elétrica a partir de fonte eólica no País chegou a 3.051,29 megawatts (MW), considerando os dados referentes a novembro.

Somente no Ceará, houve uma expansão de 585 MW de energia eólica, o quarto maior incremento do país, atrás apenas do Rio Grande do Norte, Bahia e Rio de Janeiro. As usinas eólicas respondem atualmente por 11,11% da matriz energética brasileira, produzindo uma energia renovável e de baixo impacto ambiental.

De acordo com a Aneel, a perspectiva é que a energia eólica continue em expansão no próximo ano. O Conexão 085 apurou que o Ceará tem seis usinas de geração eólica em implantação, com previsão de liberação de 175,2 MW de potência até 2024. Dessas, quatro usinas são de viabilidade alta, com obras já em andamento.

A usina Serra do Mato VI tem previsão de operação para janeiro de 2022, a usina Gravier para abril, e a Serra do Mato V para agosto de 2022. Já as usinas Ventos de Icapuí e São Felício estão previstas para operar em 2024, já que ainda não foram celebrados os contratos de uso do sistema de transmissão/distribuição.

Expansão da oferta no país

A meta de expansão da geração eólica brasileira em 2021, de 4.790,4 MW, foi ultrapassada pela Aneel em setembro. Durante este ano, foram inauguradas ou reabertas usinas em 20 estados das cinco regiões do país. Há 69 usinas em operação em teste, 17 delas desde outubro.

De acordo com o Sistema de Informações de Geração da Aneel, atualizado diariamente com dados de usinas em operação e de empreendimentos outorgados em fase de construção, 82,82% da energia elétrica em operação é gerada por fontes renováveis.

A energia eólica é obtida a partir da força do vento. Por meio de um aerogerador a energia cinética das correntes de ar é transformada em energia elétrica. Trata-se de uma fonte de energia limpa, com baixos teores de emissões de gases de efeito estufa.

Topo Logo

Apoio e patrocinio