Página Interna

Ceará é o segundo estado que mais emprega na indústria calçadista

Foto: Divulgação

Dados elaborados pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) apontam o Ceará como o segundo estado que mais emprega na indústria calçadista. O estado gerou 3,63 mil postos no primeiro semestre, encerrando junho com 65 mil pessoas trabalhando na atividade, 13,3% mais do que no mesmo mês do ano passado.

O Ceará perde em geração de empregos apenas para o Rio Grande do Sul. Em terceiro lugar aparece a Bahia, seguida por São Paulo. Assim como é percebido no setor gaúcho, a indústria calçadista cearense é a maior empregadora da Indústria de Transformação no Estado.

Em recuperação desde meados do ano passado, a indústria calçadista brasileira gerou mais de 4 mil vagas em junho, somando a geração de 27,5 mil postos de trabalho no primeiro semestre do ano.

Com isso, o setor encerrou junho com 293,75 mil pessoas empregadas diretamente na atividade, 73 mil pessoas a mais do que no mesmo período de 2020 e 46 mil a mais do que no mesmo mês do ano passado.

O número aponta para um crescimento de 18,6% em relação ao mesmo intervalo de 2021 e uma recuperação plena das perdas provocadas pela crise desencadeada pela pandemia de Covid-19. Hoje a indústria calçadista emprega 5,4% mais do que em 2019.

Topo Logo

Apoio e patrocinio