Página Interna

Arena Castelão poderá receber gramado híbrido em março de 2022

Está em estudo a possibilidade de que a Arena Castelão feche por 20 dias, em março deste ano, para mudança total do atual gramado para o gramado híbrido, com 90% de grama natural e 10% de sintética. A avaliação está sendo feita pela Secretaria de Esporte e Juventude (Sejuv), pela Superintendência de Obras Públicas (SOP) e por clubes cearenses.

Em janeiro, será feita uma visita ao Maracanã, no Rio de Janeiro, onde está sendo instalada essa modalidade de gramado, para uma avaliação. O momento será para analisar o gramado híbrido da arena carioca e ajudar na escolha do melhor formato para o Castelão. Neste período de visita, o equipamento estará recebendo uma máquina da Holanda para a execução do trabalho.

A principal arena esportiva do Ceará finalizou a temporada 2021 com um recorde de 83 jogos realizados, e foi a primeira no país em número de partidas sediadas. O segundo estádio com mais jogos em 2021 é o Maracanã, com 68. Em terceiro, está o Mineirão, com 67.

Em 2022, a Arena Castelão receberá partidas de Campeonato Cearense, Série A do Campeonato Brasileiro, Série C do Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, Copa do Nordeste, Copa Sul-Americana e Copa Libertadores da América.

O Castelão passou, desde o início de dezembro, por intervenções de revitalização do gramado, que recebeu os serviços de poda, corte vertical drástico, descompactação, topdressing e adubação. A partir de agora, o gramado inicia o ano de 2022 com o processo de rebrotação, período de crescimento e de nova tomada de forma da grama.

Topo Logo

Apoio e patrocinio