Página Interna

Bienal Internacional de Dança do Ceará distribui ingressos para abertura com Balé de São Paulo

O ‘passinho’, estilo de dança que surgiu nos bailes funks do Rio de Janeiro, inspirou Henrique Rodovalho na criação de “Isso dá um baile!”, nova coreografia do Balé da Cidade de São Paulo, que no dia 9 de dezembro, às 19h será apresentado na abertura oficial da XIII Bienal Internacional de Dança do Ceará, no Cineteatro São Luiz.

Os ingressos para as apresentações serão gratuitos e estão disponíveis no site Sympla e também na bilheteria do teatro. O Balé da Cidade de São Paulo retorna à Bienal de Dança do Ceará depois de 15 anos. Nesta edição, além de Fortaleza, a companhia, que tem direção de Cassi Abranches, se apresenta também na Praça da Matriz em Paracuru, no dia 10 de dezembro, às 20h.

A XIII Bienal Internacional de Dança do Ceará acontece de 9 a 19 de dezembro de 2021 de forma presencial em Fortaleza, Paracuru, Itapipoca e Trairi. Toda a programação tem acesso gratuito. Informações completas estão disponíveis no site www.bienaldedanca.com.

Para o acesso à programação, além do ingresso, será necessária a comprovação de duas doses ou dose única da vacina contra Covid-19 e documento de identidade com foto. O uso de máscara é obrigatório.

“Isso dá um baile!”

Passinho é uma mistura de vários passos de funk, hip hop, break, kuduro, popping, samba, forró, frevo e ritmos do recôncavo baiano. Nas palavras do coreógrafo Henrique Rodovalho: “A coreografia trata sobre um grande baile! Um momento em que todo o elenco vai chegando trazendo as suas histórias e desejos e estabelecendo um grande encontro, por que não, num grande reencontro de dança, reencontro com sensações de liberdade e ‘empoderamento’ nos movimentos e coreografias.”

Espetáculos da abertura

Antes da abertura oficial, a programação do primeiro dia da Bienal de Dança começa do lado de fora do Cineteatro São Luiz, na Praça do Ferreira, com apresentações a partir das 13h. Quem abre esta edição é o suíço Yann Marussich com a performance “Blanc” (2015). Ele aparece todo de branco, de terno e gravata, e as pessoas são convidadas a responder perguntas escrevendo em sua roupa.

Às 16h, o coletivo de artistas No barraco da Constância tem!, do Ceará, apresenta “Delirantes e Malsãs” (2020). Às 17h, o francês Rachid Ouramdane, que é um dos homenageados da Bienal nesta edição, traz um dos trabalhos mais midiáticos dos últimos anos, “Les Traceurs”, onde o artista/atleta francês Nathan Paulin desafia limites caminhando em fita de slackline nas alturas.

Em Fortaleza, ele percorrerá uma distância de 250 metros, de um edifício no entorno da Praça dos Leões até um edifício na Praça do Ferreira, a uma altura de 50 metros.

SERVIÇO:

“ISSO DÁ UM BAILE!”, espetáculo do Balé da Cidade de São Paulo

Dia 9 de dezembro, às 19h, na abertura oficial da XIII Bienal Internacional de Dança do Ceará, no Cineteatro São Luiz.

Ingressos gratuitos disponíveis na plataforma Sympla: www.sympla.com.br/bienaldedanca.

Informações: bienaldedancace@gmail.com.

Site: www.bienaldedanca.com.

Topo Logo

Apoio e patrocinio